14 de setembro de 2010

Agricultores são qualificados para o mercado de turismo



Inserir produtos da agricultura familiar e de comunidades tradicionais no mercado de turismo, agregando valor à oferta turística brasileira. Este é o objetivo da Chamada Pública Talentos do Brasil Rural: Turismo, publicada no Diário Oficial da União (DOU) do dia 6 de setembro de 2010.

A Chamada Pública, que faz parte do projeto Talentos do Brasil: turismo e agricultura familiar, irá classificar e selecionar empreendimentos constituídos por agricultores familiares, povos e comunidades tradicionais das cinco regiões brasileiras, que trabalham com cosméticos, produtos decorativos e utilitários (artesanato), alimentos e bebidas, de forma a inserir sua produção no mercado turístico.

São produtos como xampu feito de cupuaçu, sabonete de açaí, mel, verduras e frutas orgânicas que poderão, por exemplo, ser fornecidos para os meios de hospedagem, bares e restaurantes que serão frequentados pelos turistas durante a Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

Serão investidos R$ 3,2 milhões no desenvolvimento do projeto, uma iniciativa do Sebrae Nacional, do Sebrae no Rio Grande do Sul e dos ministérios do Desenvolvimento Agrário (MDA) e do Turismo, e da Agência de Cooperação Técnica Alemã (GTZ).

As entidades que quiserem participar do processo de seleção deverão se inscrever até 27 de setembro de 2010, pela internet, nas páginas do Sebrae no Rio Grande do Sul, do Sebrae Nacional, dos ministérios do Desenvolvimento Agrário – www.mda.gov.br/saf – e do Turismo – www.turismo.gov.br.

O projeto expressa uma iniciativa para alinhar duas vertentes: o potencial da agricultura familiar na comercialização de produtos agroindustriais e artesanais, e a atratividade turística das propriedades rurais desse segmento.

“A idéia é que, durante a Copa, os turistas nacionais e internacionais sejam contemplados com um mercado turístico caracterizado por produtos da agricultura familiar, seja nas miniaturas ou amostras de produtos pessoais disponíveis em hotéis, em sua alimentação, no artesanato ou ainda no passeio a um destino rural”, explica o gerente de agronegócios do Sebrae, Paulo Alvim.

INSERÇÃO NO MERCADO

No tocante aos produtos da agricultura familiar – cosméticos, artesanato, alimentos e bebidas – o propósito é inseri-los em meios de hospedagem, restaurantes, bares, lojas de artesanato e de suvenir. No que diz respeito aos serviços, o intuito é preparar a propriedade familiar para receber turistas, dotando-a das condições necessárias para o desenvolvimento da atividade turística.

De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), os turistas também serão beneficiados em termos de qualidade, ao consumir produtos da agricultura familiar, com traços da identidade regional, desenvolvidos com responsabilidade sócio-ambiental.

O projeto Talentos do Brasil Rural deseja atingir não somente os empreendimentos dos agricultores familiares, mas também dos povos e comunidades tradicionais. O projeto atenderá aos mercados das 12 capitais brasileiras que irão sediar os jogos da Copa 2014 e seus respectivos entornos: Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

A íntegra da chamada e demais documentos encontram-se disponíveis no endereço: www.mda.gov.br/portal/saf/programas//div.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias