18 de agosto de 2008

Cachaça brasileira reconhecida internacionalmente



O Brasil produz 1,3 bilhão de litros de cachaça e exporta US$ 14 milhões por ano. O maior importador é a Alemanha, seguida dos Estados Unidos. São Paulo lidera a produção no País. Os dados foram divulgados pela Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Cachaça, reunida  dia 14/08, em Brasília.

Na opinião do presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Cachaça, Vicente Bastos Ribeiro, o reconhecimento da cachaça como produto de origem brasileira é o principal desafio do setor. “Isso asseguraria o patrimônio da denominação cachaça para o produto brasileiro, o que é fundamental para que tenhamos mercado garantido”, ressaltou.

De acordo com a presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Brasileiro da Cachaça (Ibrac), Maria das Vitórias Cavalcanti, a maior parte da cachaça exportada do Brasil é engarrafada, a granel. “Para que o produto chegue aos outros países com a mesma qualidade do que é vendido no Brasil, é importante continuar com as auditorias e análises”, recomendou.

O Projeto de Lei n° 1187, que trata da Lei da Cachaça, também foi debatido na reunião. Os membros do setor terão até o dia 20 de agosto para encaminhar sugestões ao projeto, pelo e-mail camara.cachaca@agricultura.gov.br. No dia 30 deste mês o Ministério da Agricultura e o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) analisarão as propostas. Está marcada para 3 de setembro, a reunião do grupo que apreciará o tema e a data da reunião extraordinária da câmara.

 

FONTE:MAPA