20 de dezembro de 2007

Encontro Nacional de Dirigentes Rurais


FaepaPB

As principais bandeiras da representação sindical rural para 2008 são reduzir os custos de produção e garantir renda aos produtores rurais. Essa orientação, que norteará as ações do Sistema Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), é resultado dos debates realizados durante o Encontro Nacional de Dirigentes Rurais, realizado em Caldas Novas (GO) de 09 a 11 de dezembro. Para o presidente da entidade, Fábio de Salles Meirelles, o resultado mais importante da reunião é a renovação da unidade entre Sindicatos Rurais, Federações e Confederação. “Em um País de dimensões continentais, com tantas características, desafios e urgências distintas, a integração é condição básica para defender as verdadeiras necessidades dos produtores rurais. Com esse evento, avançamos mais uma etapa no exercício diário de fortalecimento da representação do homem do campo”, declarou Meirelles.

O encontro reuniu os 27 presidentes de Federações da Agricultura, que compõem o Conselho de Representantes da CNA, para debater temas que preocupam a atividade rural, como a falta de infra-estrutura, o aumento dos custos de produção e o comprometimento cada vez maior da renda da atividade rural. O presidente da CNA ressaltou a importância de promover debates descentralizados para trocar experiências e corrigir os rumos das ações de representação.

Custo de produção foi o tema da primeira palestra do encontro, feita pelo presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Wagner Rossi. Ele apresentou o termo de cooperação técnica assinado entre a Conab e a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) para atualizar e monitorar os custos de produção da atividade agrícola, que servem de referência para a formulação de políticas públicas para o setor. Para o presidente da Conab, essa cooperação é um símbolo da parceria efetiva que o órgão pretende estabelecer com os produtores.

A necessidade de uma política agrícola sustentável foi levantada pelos representantes de todos os estado e defendida pelo jornalista Paulo Henrique Amorim, que participou do evento. Ao traçar um panorama do momento econômico vivido pelo País, Amorim destacou a necessidade de o Governo se preparar para conciliar a agricultura energética e a produção voltada para o abastecimento.

Alimentar a unidade do Sistema CNA é uma das prioridades da gestão Fábio Meirelles. Por isso, a decisão de realizar fora da sede a primeira reunião do Conselho de Representantes nesta gestão. “Uma entidade de representação sindical só cumpre sua missão se tiver como objetivo entender e atender a quem representa. Jamais alcançaríamos este estágio de desenvolvimento do setor sem a firmeza de nosso ideal e o espírito de união”, avaliou o presidente da CNA.