12 de novembro de 2013

Exportações do agronegócio brasileiro somam US$ 86,42 bi



As exportações do agronegócio brasileiro entre janeiro e outubro deste ano somaram US$ 86,42 bilhões, as importações alcançaram US$ 14,29 bilhões e o saldo da balança comercial foi de US$ 72,13 bilhões.

De acordo com a Secretaria de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SRI/Mapa), esse valor representa um crescimento de 6,9% em relação aos US$ 80,88 bilhões obtidos no mesmo período do ano anterior.

No período, os produtos de origem vegetal foram os que mais contribuíram para o crescimento de US$ 5,54 bilhões nas exportações. Em termos de valor exportado, o principal setor foi o complexo soja, com US$ 29,19 bilhões. Esse total representa um aumento de 18,4% em relação à cifra alcançada em 2012.

As carnes apresentaram o segundo melhor resultado em vendas, alcançando US$ 13,96 bilhões, enquanto o sucroalcooleiro foi o terceiro, com US$ 11,64 bilhões.

Entre os blocos econômicos e regiões demográficas, a Ásia foi o principal destino das exportações brasileiras do agronegócio no acumulado até outubro.

As vendas somaram US$ 36,51 bilhões, ou seja, 42,2% do total exportado pelo Brasil para o mundo no período. Em relação ao mesmo período do ano anterior, houve crescimento de 21,3%.

Resultados do mês

Em outubro deste ano, as exportações do agronegócio atingiram a marca de US$ 8,42 bilhões. As importações obtiveram elevação de 2,5%, totalizando US$ 1,62 bilhão, resultado que proporcionou um saldo de US$ 6,80 bilhões na balança comercial do agronegócio.

O setor de carnes registrou US$ 1,57 bilhão; logo em seguida, aparece o complexo soja com US$ 1,56 bilhão.

Quanto às exportações por blocos econômicos, as vendas aumentaram em 15,1% para os países da Aladi (Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela, Cuba e Panamá). No entanto, houve queda de 3,2% no comércio com o Mercosul; 5,2% com a União Europeia e de 9,1% com a Ásia.

Mais uma vez, a China foi o destaque entre os países de destino. As vendas para o país asiático subiram 23,9% em outubro de 2013, possibilitando um aumento da participação do país de 11,6%, em outubro de 2012, para 16,5% em outubro de 2013.

Fonte Original: Ministério da Agricultura