16 de outubro de 2008

Extensão rural debate a padronização do crédito




Diretores técnicos e assessores de crédito de várias empresas nordestinas de assistência técnica a extensão rural estiveram reunidos na última terça-feira (14), na sede da Emater-Paraíba, na estrada João Pessoa-Cadebelo, debatendo problemas relacionados com a operacionalização do crédito, com destaque para a quantidade e qualidade dos projetos de crédito elaborados pelos órgãos que se dedicam à assistência técnica e de crédito junto aos produtores rurais em todas as regiões do país.

O encontro da Paraíba é o primeiro resultado concreto do que foi decidido recentemente em Brasília, durante o Fórum de Diretores Técnicos das Emateres, que aconteceu nos dias 16 e 17 de setembro, na capital federal, tratando basicamente de assuntos relacionados com o desempenho da assistência técnica junto aos agricultores, procurando encontrar alternativas que facilitem as atividades do crédito a eles destinado.

A Paraíba foi escolhida então para sediar a primeira reunião da região Nordeste. Do encontro participaram diretores e técnicos dos Estados do Piauí, Ceará, Bahia e Rio Grande do Norte que se juntaram ao paraibano Francisco Elias Ramos, diretor da Emater-Paraíba, que assessorado pelos técnicos José Marinho, Alberto Félix e Francisco das Chagas Pereira, discutiram exaustivamente soluções para a melhor qualificação do crédito.
´
O resultado dos debates aqui ocorrido será levado a novo encontro que se realizará em Brasília, no próximo dia 22 de outubro, oportunidade em que o dirigente da Emater do Rio Grande do Norte, Mário Varela  Amorim, foi indicado para representar a região Nordeste na reunião da capital federal, que vai deliberar sobre a qualificação do crédito e outros assuntos de fundamental importância para o desenvolvimento da economia primária brasileira. O encontro durou todo dia e  foi encerrado no final do expediente do último dia 14.

O diretor Francisco Elias Ramos informou que as definições do encontro, resumidamente, já foram encaminhadas para todos os Estados do Nordeste, a fim de que haja unanimidade dos pontos objetos das discussões dos temas que passam a nortear as atividades da Extensão Rural no que diz respeito, especialmente, a ampliação e qualificação do crédito com vistas ao desenvolvimento da agricultura e da pecuário, objeto de preocupação das auitoridades governamentais.

Fonte: Governo do Estado