21 de novembro de 2019

Faepa realiza assembleia ordinária com presidentes de Sindicato


Jocelio Oliveira

A Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba (Faepa) está reunindo, desde esta quinta-feira (21), os presidentes dos Sindicatos de Produtores Rurais de todo o Estado. O encontro segue até amanhã (22). A assembleia ordinária teve como objetivo discutir a proposta orçamentária para o ano de 2020.

Além disso, o encontro também serviu para alinhar orientações e estratégias do departamento sindical e outros aspectos de organização da Federação, assim como discutir o cenário social e político de atuação da Faepa.

“Estão surgindo muitas oportunidades para o agronegócio por causa do protagonismo da CNA. A abertura de mercados internacionais tem sido uma ação constante da Confederação e também do ministério. Está chegando a vez do Nordeste, a vez do semiárido e nós temos que estar prontos”, defendeu o presidente do Sistema, Mário Borba.

Os 26 dirigentes sindicais presentes discutiram ainda formas de atrair o produtor para a base do Sistema Sindical Rural, destacando o potencial do programa Bem+Agro.

“Essa iniciativa é uma oportunidade ímpar de mostrar os nossos serviços e também oferecer benefícios ao produtor. Temos que nos mobilizar”, comentou o presidente do Sindicato de Itabaiana, Valdemir Azevedo.

A Paraíba é o segundo estado que mais utiliza o programa, segundo o coordenador do Departamento Sindical da CNA, Wilson Brandão.

Os presidentes também destacaram a necessidade de implantar um programa de pagamento por serviços ambientais (PSA), na Paraíba, e também a regulamentação da produção de energias renováveis, com a eólica e solar.

Ações do Sistema CNA

Os dirigentes destacaram a importância do trabalho que a Confederação vem realizando pelo produtor rural brasileiro e reconheceram também o destaque que o presidente Mário Borba vem desempenhando.

Um dos destaques foi o desenvolvimento da Assistência Técnica e Gerencial, oferecida pelo Senar.

“A ATeG faz a gente se sentir numa base mais constante para o produtor. É a salvação dos sindicatos. Não só pelo valor que é recebimento pelo sindicato, mas pelo fortalecimento de ter o produtor ligado ao seu sindicato”, refletiu Alberto Athayde, presidente do Sindicato Rural de Alagoa Nova.

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073
facebook.com/faepasenarpb
faepa.com.br