24 de janeiro de 2019

Geração de empregos na agropecuária é a que mais cresceu na Paraíba em 2018


Jocelio Oliveira

O setor agropecuário foi o que mais cresceu na geração de empregos em 2018 segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado nesta quarta (23) pelo Governo Federal. O crescimento foi de 3,71%, com 511 novos postos de trabalho.

O índice ajudou a puxar para cima o resultado geral do Estado, que ficou positivo em 1,35%, com mais contratações do que demissões. Ainda de acordo com o documento, o setor de serviços foi o que mais gerou vagas de emprego, com saldo de 4.360 vagas, uma variação positiva de 2,73%, em 2018.

A avaliação do diretor-financeiro da Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba (Faepa), Carlos Alberto Patrício, é de que o índice positivo foi puxado principalmente pela atividade sucroenergética.

“O segundo semestre é o período de pico da nossa produção, que demanda a contratação de um grande número de empregados ‘safristas’ para colheita da cana-de-açúcar. Este ano o setor teve impactos positivos com o aumento do consumo de álcool combustível em função dos preços da gasolina, o que aumentou a produção”, resumiu.

Em contrapartida, o setor fechou o mês de dezembro com baixa de 2,64% na variação do emprego, que ainda segundo Patrício pode ser explicado pelo período de entressafra da cana-de-açúcar.  Contudo, o setor também apresentou bom desempenho em 2016 (2,45%) e 2017 (4,42%).

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073
facebook.com/faepasenarpb
senarpb.com.br
Foto: Sistema CNA /  Wenderson Araujo