13 de julho de 2012

Lançada a Frente Parlamentar da Suinocultura



O agravamento da crise que atinge a suinocultura brasileira motivou a criação da Frente Parlamentar da Suinocultura (FPS), lançada, nesta quinta-feira (12), no Senado Federal, pelo deputado Vilson Covatti (PP-RS), que presidirá a frente. “Criar suínos no Brasil não tem sido uma tarefa fácil. O produtor precisa de segurança na atividade, de melhores condições e de incentivos por parte do Governo. Vamos buscar esses incentivos através da Frente parlamentar”, afirmou Covatti. Para a criação da FPS, Covatti obteve a assinatura de 250 parlamentares. Os vice-presidentes da FPS serão a senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS) e o deputado Valdir Colatto (PMDB-SC).

Entre as reivindicações que visam amenizar a crise da suinocultura, destacam-se a votação do Projeto de Lei nº 330/2011, que trata das integrações; a inclusão do setor entre as medidas do Programa Brasil Maior, sobretudo no que diz respeito à desoneração da folha de pagamento; a prorrogação dos custeios pecuários e liberação extra limite do valor de R$ 1,2 milhão por suinocultor, já aprovado no Plano Safra 2012/2013; a inclusão da suinocultura no Projeto de Lei nº 2.092/2007, que trata da reestruturação do passivo do setor rural brasileiro, e alongamento das dívidas, entre outras medidas.

Fonte: Assessoria de Comunicação da CNA