17 de julho de 2013

Manifestantes protestam em Brasília por reforma agrária



Centenas de membros da Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar do Distrito Federal ocupam a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Brasília, nesta quarta, dia 17. Na semana passada, integrantes do MST também usaram o local como palco para manifestações.

Segundo o Portal G1, a informação é da Polícia Militar do DF. De acordo com representantes do movimento, os integrantes da Fetraf ocuparam os cinco primeiros andares do prédio e reivindicam a reforma agrária para três mil famílias do Distrito Federal e do entorno, além de recursos para a federação e infraestrutura e assistência técnica para os assentamentos, como energia, água e estrada.

Os manifestantes ocupam os corredores dos dois primeiros andares, além do térreo e garagem do prédio. As salas estão fechadas, impedindo o acesso para o trabalho pelos funcionários. Ainda segundo o Incra, a pauta do movimento foi recebida em durante o movimento Grito da Terra e a negociação segue em curso, mas as medidas levam tempo para entrarem em vigor.

A assessoria do instituto informou que mantém o diálogo com a federação e que uma mesa com diretores deve ser montada para negociar a desocupação do prédio.   

Fonte: Agência de Notícias