3 de junho de 2011

Presidente da CNA recebe homenagem



A presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), senadora Kátia Abreu, recebeu nesta quinta-feira (2/6) o “Prêmio Destaques – A Lavoura”. A homenagem é feita desde os anos 70 pela Sociedade Nacional de Agricultura (SNA) como forma de reconhecimento e valorização das personalidades e instituições mais atuantes na defesa do agronegócio brasileiro em várias categorias.

A presidente da CNA foi uma das homenageadas especiais juntamente com Alysson Paulinelli, ex-ministro da Agricultura na década de 70 e considerado um dos grandes responsáveis pelo crescimento do setor agropecuário no Brasil. Em discurso durante o evento, a senadora Kátia Abreu afirmou que a CNA, a SNA e as demais entidades que representam o setor são “soldados da agropecuária” que sempre lutaram e lutarão em defesa dos interesses dos produtores rurais.

Na premiação, a presidente da CNA citou Paulinelli, Roberto Rodrigues, também ex-ministro da Agricultura, e o presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB), Cesário Ramalho, como defensores do setor. Citou, ainda, o presidente da Frente Parlamentar Agropecuária, deputado Moreira Mendes (PPS-RO) como “guerreiro” na votação, na Câmara dos Deputados, do texto que moderniza o Código Florestal brasileiro.

Durante breve discurso, a senadora Kátia Abreu falou sobre a nova legislação ambiental e garantiu que o texto será votado pelo Senado. “Estamos lutando para manter a produção agropecuária em 27% do território nacional. A que interessa a diminuição da área plantada?”, questionou. Para a presidente da CNA, os deputados que votaram contra o projeto do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) “não têm compromisso com o País”.

Além das homenagens especiais à senadora e do ex-ministro, foi feita uma homenagem póstuma ao ex-presidente da SNA, o advogado e escritor Octávio Mello Alvarenga, que faleceu em 2007. O deputado federal Moreira Mendes (PPS-RO) foi contemplado na categoria Parlamentar. O ex-secretário de Agricultura e Abastecimento de São Paulo, João Sampaio, foi premiado na categoria Política Agrícola, e o vice-governador e secretário de Obras do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, recebeu o prêmio na categoria Administração Pública.

Os outros homenageados foram: Amyris Inc. (Tecnologia); BNDES (Crédito); Francelino França (Produtor); Fundação Boticário de Proteção ao Meio Ambiente (Meio Ambiente); Guilherme de Souza Santos (Agroindústria); Jornal Valor Econômico (Comunicação); Mario Geisse (Pesquisa e Tecnologia); Native (Organização Baldo – Sustentabilidade); Pierre Landolt (Empreendedorismo) e Américo Utumi (Cooperativismo).

Fonte: Assessoria de Comunicação CNA