29 de novembro de 2012

Seguro Rural prevê recursos de R$ 505 milhões em 2015



Com o objetivo de estabelecer as diretrizes da política de subvenção ao prêmio do seguro agrícola entre os anos de 2013 e 2015, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou na quinta, dia 29, o Plano Trienal do Seguro Rural (PTSR), no Diário Oficial da União (DOU).

Os valores escalonados da subvenção federal foram definidos em R$ 400 milhões para 2013, R$ 459 milhões para 2014 e R$ 505 milhões em 2015. As empresas seguradoras, no entanto, só receberão os repasses do Mapa quando comprovarem a realização das operações.

Aos produtores agrícolas, o limite por ano civil foi definido em R$ 96 mil, enquanto aos produtores pecuários, aquícolas e de florestas será de R$ 32 mil. O produtor também poderá fazer contratos para mais de uma cultura, desde que a soma não ultrapasse R$ 192 mil por ano civil.

Por ora, os percentuais definidos para a soja, milho, arroz e feijão serão superiores em 10% nas microrregiões em que possuírem “substancial importância econômica, ao mesmo tempo em que estão sujeitas a maior vulnerabilidade climática”, de acordo com a Portaria. Os valores também serão maiores aos produtores de orgânicos e aos enquadrados no Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp).

Em 2012, foram disponibilizados R$ 174 milhões pela Lei Orçamentária Anual (LOA), valor que já foi totalmente contratado. Outros R$ 100 milhões aguardam aprovação do Congresso Nacional.

Todos os recursos definidos na proposta poderão sofrer reajustes, sempre que justificados pelos interesses de política pública.

Fonte: Mapa