14 de fevereiro de 2013

Vendas de fertilizantes aumentaram 4,3% em 2012



As vendas de fertilizantes no Brasil registraram um novo recorde no ano passado. O volume entregue ao consumidor final alcançou 29,537 milhões de toneladas, um aumento de 4,3% sobre a marca anterior, de 28,3 milhões de toneladas, registrada em 2011. Os números foram divulgados pela Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda).

"O resultado já era previsto", afirma David Roquetti Filho, diretor-executivo da Anda. Os bons resultados no campo embalaram o consumo de adubos, puxado principalmente pela soja.

O representante afirma que as vendas podem bater novo recorde em 2013, com a continuidade das relações de troca favoráveis entre o insumo e os produtos agrícolas diante dos preços altos das commodities.

Consultorias projetam para 2013 um consumo de fertilizantes próximo de 30,5 milhões de toneladas – caso da RC Consultores. Se concretizado, esse volume será 3,26% maior que o registrado no ano passado.

Mais uma vez, o crescimento do mercado de adubos deve ser puxado pela soja, cuja receita é estimada para crescer 24,5% no ano, segundo Fábio Silveira, sócio-diretor da RC Consultores.

Apesar do aumento do volume comercializado, a produção nacional de adubos caiu 1,4% em 2012, para 9,722 milhões de toneladas, segundo a Anda. A importação diminuiu 1,7%, para 19,508 milhões.

Fonte: SI