10 de novembro de 2021

Faepa reivindica ao Governo Estado plano urgente de enfretamento da estiagem


Jocelio Oliveira

Reunião entre Faepa e Sedap

A Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba (Faepa) protocolou nesta quarta-feira (12) um ofício, no qual solicita a Secretaria de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca do Estado que seja desenvolvido um plano de urgência enfrentamento da estiagem para a pecuária paraibana.

No documento, assinado pelo presidente Mário Borba, a Federação sugere ao Governo do Estado a adoção de 2 medidas: linhas de financiamento para aquisição de ração proteica (a exemplo do milho e torta de algodão), e distribuição de bagaço da cana-de-açúcar como contribuição de fibra para alimentação dos rebanhos.

O documento destaca ainda que a seca vem reduzindo de forma expressiva a qualidade das pastagens, o que vem prejudicando a alimentação do rebanhado da cadeia leiteira, reduzindo a produção do seguimento.

Ainda de acordo com a Faepa, na cadeia da bovinocultura de corte, as pastagens mais secas vêm diminuindo a oferta de gado de pasto. Assim como, o aumento do custo com ração vem acarretando na redução de animais prontos para o abate, tencionando uma alta dos preços da carne.

A Federação tem acompanhado com atenção o efeito da atual estiagem junto ao setor produtivo e ao longo dos últimos meses tem realizado uma série de encontros com o poder público, para discutir estratégias de socorro aos produtores rurais paraibanos.

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073
facebook.com/faepasenarpb
instagram.com/faepasenarpb
twitter.com/faepasenarpb
youtube.com/faepasenarpb
senarpb.com.br