10 de junho de 2008

Nova variedade de abacaxi resistente à doenças



 

 A nova cultivar de abacaxi foi batizada de “Vitória”, e tem como principal característica a resistência à fusariose. Os pesquisadores do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), levaram dez anos de trabalho até chegar aos resultados com a nova variedade de abacaxi. A nova espécie ganha muita importância entre os agricultores porque ela é resistente a fusariose, a doença causada por um fungo, que é a principal ameaça às lavouras no Brasil, responsável por perdas de até 40% na produção.

 

Outra característica do abacaxi “Vitória” é a elevada produção por área, ótimas características de sabor e pode ser utilizada tanto para o consumo in natura, quanto para atender à indústria. O processo de seleção, para criação da nova cultivar, teve início a partir de híbridos produzidos pela Empresa Brasileira de Pesquisa, Agropecuária (Embrapa), dentro do programa de melhoramento genético do abacaxizeiro. Com este trabalho, os pesquisadores do Incaper promoveram diversas seleções entre plantas potenciais até chagar a nova variedade, sem o emprego da transgenia.

 

Por ser resistente à fusariose, o abacaxi “Vitória” não necessita de aplicação de agrotóxicos, fato que traz vantagens para a saúde de produtores e consumidores. Em conseqüência, os custos de produção das lavouras são bem inferiores, o que possibilita maior competitividade dos fruticultores, principalmente os de base familiar.

 

Fonte: Nordeste Rural