21 de novembro de 2012

Seca prejudica produção de coco em Sousa



Os produtores de coco do município de Sousa, especificamente da região do São Gonçalo, estão passando por grandes dificuldades devido à seca que vem devastando a Paraíba e a região Nordeste. A falta de água vem causando, além da queda na produção, a morte dos coqueiros.

De acordo com Tiburtino Cartaxo de Sá Filho, presidente do Sindicato Rural de Sousa, normalmente, no ciclo das secas, os produtores sentem alguma dificuldade relacionada à queda na produção, mas alta mortalidade das plantas é a primeira vez. “Nós já passamos por dificuldades na produção de coco aqui na região, mas o que estamos vendo hoje é muito mais grave; estamos perdendo um grande número de plantas por falta de água”.

Na propriedade Matias da Roça, localizada na região do São Gonçalo, o proprietário tenta salvar o que restou de sua lavoura usando a irrigação manual. “Das 4 mil plantas existentes na propriedade, restam hoje, apenas 1.200”, informou o dirigente.

Ainda de acordo com Tiburtino, a situação é crítica e até os perímetros irrigados já estão sofrendo com a estiagem. Caso não chova, a previsão é que a região não tenha produção do fruto em 2013.

Assessoria de Comunicação Social FAEPA/SENAR-PB
(83) 3048 6073/9988 6475