28 de dezembro de 2018

Faepa entrega documento a Secretários de Agricultura com propostas para o setor


Jocelio Oliveira

Rômulo Montenegro, Mário Borba e Efraim Morais

A Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba (Faepa) entregou, nesta sexta (28), um documento com propostas para o setor agropecuário aos atual e futuro secretários de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca do Estado da Paraíba, Rômulo Montenegro e Efraim Morais, respectivamente. Acesse o documento neste link: https://goo.gl/aTSQF4.

A entrega foi feita pelo presidente da Faepa, Mário Borba, durante solenidade na sede da Associação Brasileira dos Criadores de Sindi (ABCSindi), no parque de exposições de João Pessoa e reuniu produtores rurais, presidentes de associações de classe, políticos e representantes de órgãos públicos.

“Construí-mos um documento na expectativa de que juntos possamos discutir e por em prática o que nós pensamos para a agropecuária da Paraíba”, afirmou Borba, que explicou ainda que o documento foi escrito em conjunto, com outras 12 entidades de produtores rurais de vários segmentos.

As propostas apresentadas contemplam as áreas de economia, criminalidade no campo, sustentabilidade, infraestrutura e logística, defesa sanitária, associativismo e cooperativismo, desenvolvimento da produção agropecuária, parque de exposições, educação e assistência técnica além do desenvolvimento tecnológico.

O secretário escolhido pelo governador eleito, Efraim Morais, afirmou que vai precisar do apoio de todas as associações e entidades do setor e que encontros como o desta sexta ajudam na construção de políticas e ações concretas.

“Vou escutar as entidades, vou pedir que indiquem caminhos para que possamos caminhar. Também vou buscar o apoio dos bancos oficiais e da classe política para auxiliar na construção de um quadro melhor para o agronegócio. É importante unir forças com foco no produtor”, resumiu o secretário Efraim Morais.

Balanço e expectativas

Em sua fala, o atual secretário, Rômulo Montenegro, fez um balanço de sua gestão. Defendeu que o seu principal legado foi favorecer a inclusão da agricultura e pecuária paraibanas numa pauta permanente de discussão na estrutura do governo.

Como exemplos, o secretário citou ingresso da pasta com representação em conselhos como o do Copam e Funcep, além da discussão de políticas públicas de forma igualitária a de outros setores econômicos.

Com relação ao futuro do setor no Estado, Rômulo comentou que a expectativa é positiva. “A Paraíba tem uma posição estratégica no nordeste, temos cadeias produtivas muito sólidas, como a caprinovinocultura no Cariri, bovinocultura de leite no Sertão, a cana-de-açúcar e o abacaxi na faixa litorânea, todas com uma importância sócio-econômica fundamental. É necessário manter o ritmo de defesa da produção interna e de produção de políticas públicas”, defendeu.

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073
facebook.com/faepasenarpb
senarpb.com.br